Este é um pequeno livro bastante interessante e eclético, no qual se podem encontrar os mitos Tupi-Guarany da criação do mundo, transmitidos oralmente na forma de poemas, de geração em geração. A antropóloga Joselly Vianna Baptista viajou até à floresta brasileira profunda para recolher estes poemas, registou-os e traduziu-os para português. Neste livro encotramos os originais transliterados junto da sua tradução, além de algumas notas sobre o processo de tradução, e ainda um conjunto de poemas escritos pela autora durante a sua investigação. Um livro variado que requeria soluções tipográficas variadas, foi paginado na fiável e versátil família tipográfica Scala e Scala Sans.